Phoenix Force

Quem disse que brasileiro não faz game bom?

Uma fênix, alguns seres mitológicos e uma tela cheia de projéteis para derrubar as aves, esse é Phoenix Force, jogo da desenvolvedora brasileira Awoker Games, empresa de Campina, interior de São Paulo.

Um jogo simples no estilo Bullet Hell, um derivado do Shoot’em Up (popular jogo de navinha), com uma simples premissa, derrotar apenas os chefões das fases, no estilo Shadow of the Colossus.

Não há projeção de cenário, nem capangas para serem derrotados, apenas o jogador controla uma fênix para todas as direções, com o intuito de desviar dos projéteis e acertar seus projéteis nos inimigos, aliás, nem atirar precisa, pois são automáticos.

A progressão do game é simples, com 100 fases e até seis tipos diferentes de aves para serem controladas, que são desbloqueadas conforme a progressão nas fases. A dificuldade também é posta em uma ótima progressão, algo raro nos games do estilo.

Outro aspecto do game é o vício que ele causa no jogador, é quase impossível largar o jogo com uma derrota em uma fase, cria-se um ódio pessoal com determinado chefe (ou combinação deles), então enquanto ele não for deixado para trás, dificilmente o jogador conseguirá deixar de jogar.

Como já foi repetido várias vezes, o jogo é simples, mas é uma ótima opção para jogar enquanto faz outra coisa, como ver vídeos no YouTube, ou ouvir podcasts. E o melhor, é encontrado facilmente por menos de R$ 5,00 pelas lojas online.

Phoenix Force

Desenvolvedora: Awoker Games
Publicadora: Awoker Games
Lançamento: 10 de março de 2014.
Plataformas: PC, Windows Phone, Android.
Gênero: Shoot’em Up (Bullet Hell).

Gounford

Gounford

Amante do cinema, viciado em games, entusiasta de séries e escravo dos quadrinhos e livros... Ou seja, procura-se emprego para sustentar tudo isso!
Gounford

Últimos posts por Gounford (exibir todos)

Compartilhe!

Gounford

Amante do cinema, viciado em games, entusiasta de séries e escravo dos quadrinhos e livros… Ou seja, procura-se emprego para sustentar tudo isso!