Filhos do Éden: Anjos da Morte

4

O que faz de Filhos do Éden: Anjos da Morte tão especial?

O segundo livro da trilogia Filhos do Éden do escritor Eduardo Spohr, Anjos da Morte, foi lançado em 2013 pela editora Verus. Neste volume o autor acertou em cheio no desenrolar da trama, pois bons livros nos fazem viajar/lembrar de outras mídias, ou seja, ao ler determinado capitulo você se recorda de algum filme que já tenha visto, mas não que seja uma cópia, mas sim te remete lembranças de bons filmes e séries. Aqui em Anjos da Morte temos tudo que um best seller de respeito precisa, ação, drama, aventura, e espionagem.

Spohr em Anjos da Morte nos dá uma aula de história acerca dos fatos/acontecimentos mais importantes do século XX, tais como, a Segunda Guerra Mundial como também até a queda do muro de Berlim. Assim como Bernard Cornwell, o autor faz com que o personagem principal (Denyel) participe de momentos históricos de forma coadjuvante, não interferindo no curso da história mundial. Enquanto de um lado temos Denyel no passado, do outro Eduardo nos mostra Kaira (Centelha), Urakin (Punho de Deus) e Ismael (Executor) nos tempos atuais em busca de encontrar a passagem à última cidade Atlântica.

Um livro muito interessante, intrigante e incrível cheio de citações de acontecimentos reais de cada época que a trama se passa. Vale muito à pena conferir.

Filhos do Éden: Anjos da Morte

Autor: Eduardo Spohr
Lançamento: 2013
Editora: Verus
Páginas: 590

Clovis

Clovis

Apaixonado por livros, séries e de uma boa história seja ela em quadrinhos ou em games, e ouvinte de um bom rock.
Clovis
Compartilhe!

Clovis

Apaixonado por livros, séries e de uma boa história seja ela em quadrinhos ou em games, e ouvinte de um bom rock.

  • Julie Duarte

    Apesar de ter gostado do primeiro livro da série, não posso dizer o mesmo sobre segundo. Durante minha leitura nesse volume, apesar da boa escrita e pesquisa de acontecimentos históricos, tive incrível dificuldade em prosseguir, pois se torna um tanto quanto chato e massante, ao meu ver o autor perde tempo para desenrolar a história, o que me fez desistir. Entretanto, ao ler a resenha senti-me curiosa a tentar novamente e ver que nova impressão o livro me dará.

  • Clovis Junior

    Oi Julie obrigado pelo comentário. Tenta perseverar na leitura deste livro não vai se arrepender. Mas, na minha opinião, a obra incrível deste autor ainda é A Batalha do Apocalipse.