Creed – Nascido Para Lutar

4 (2)

Stallone acerta mais um gancho certeiro com sua maior franquia!

 

Sylvester Stallone talvez seja o maior ícone do cinema, pelo menos eu não conheço ninguém que não o conheça. E isso só é possível devido à seu talento e por sua gigantesca habilidade de se superar.

A história de Rocky e Stallone se cruzam várias vezes, com cada filme mostrando parte de sua vida, desde o início com sua ascensão meteórica, o problemático 5º filme e sua queda na carreira e com certeza o 6º filme da franquia e o renascimento do Stallone nos cinemas.

Com Creed não é diferente, neste filme pela primeira vez Stallone não é mais o protagonista de sua franquia de maior sucesso, dando espaço para Michael B. Jordan (Quarteto Fantástico) estrelar na pele de Adonis Creed, o filho bastardo de Apollo Creed (ou Apollo, o Doutrinador para os entusiastas) o grande rival e amigo de Rocky que tem um fim trágico no 4º filme da série.

O filme se sustenta facilmente no plot, quando coloca Rocky sem perspectiva de envolvimento com o boxe, assim como prometido no fim do filme anterior, e o une à Adonis que larga uma vida fácil de executivo e todo o luxo que a herança de seu pai pode lhe proporcionar. Tento alguns bons minutos de filme gastos para que o espectador realmente acredite na vontade que Adonis tem para subir no ringue, o filme esquenta e não para mais.

Deixando o tom dramático do 6º filme de lado, Creed mostra muito mais ação neste recomeço da franquia, com lutas bem coreografadas, perfeitamente encenadas e totalmente críveis o filme nos remete aos já consagrados filmes passados, pois nos traz o ar da dúvida se realmente essas lutas serão ganhas ou não pelo protagonista.

O clima de nostalgia está espalhado por todo o filme, desde cenas das lutas dos filmes anteriores, até vários diálogos remetentes ao passado. Destaque para uma das cenas iniciais que mostra Adonis em frente ao vídeo projetado de seu pai e Rocky tendo seu segundo embate, cena muito emocionante que toca bem fundo no coração dos mais fãs da série.

Stallone em seu mais prestigiado papel esteve brilhante, com sua avançada idade não deveu em nada em sua credibilidade como o personagem, que aliás tem uma característica muito marcante, que é suas costas arqueadas e sua pode se garanhão italiano. O ator mostra que nem só de brutamontes foi feita sua carreira e é um forte candidato ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante em sua franquia de maior sucesso e que lhe deu seu único Oscar já no seu filme de estreia em 1976.

Com certeza o melhor recomeço que uma série poderia ter, mostrando tudo que precisava do passado e deixando vários ganchos para uma nova série de filmes, agora é só esperar pela próxima luta, pois este século ainda acredita que não seu melhor embate.

Creed: Nascido Para Lutar
Título Original: Creed
Ano: 2015
Direção: Ryan Coogler
Duração: 133 min.
Nacionalidade: EUA
Gênero: Drama
Elenco: Michael B. Jordan, Sylvestre Stallone
Gounford

Gounford

Amante do cinema, viciado em games, entusiasta de séries e escravo dos quadrinhos e livros... Ou seja, procura-se emprego para sustentar tudo isso!
Gounford

Últimos posts por Gounford (exibir todos)

Compartilhe!

Gounford

Amante do cinema, viciado em games, entusiasta de séries e escravo dos quadrinhos e livros... Ou seja, procura-se emprego para sustentar tudo isso!